Juceal header.pt br
Alagoas em dados Acesso informacao
Br Us Es
06 de Julho de 2017

Juceal recebe vice-presidente da Junta Comercial do Rio Grande Sul

Visita aconteceu com o intuito de apresentar o funcionamento do órgão alagoano de registro empresarial

Hotton Machado

Referência nacional em relação às ações implantadas para o desenvolvimento do registro empresarial no estado, a Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal) recebeu, nesta quinta-feira (06,) mais uma visita técnica.

Dessa vez, o vice-presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS), Itacir Amauri Flores, acompanhou o funcionamento e observou as instalações da sede do órgão alagoano, em Maceió.

Guiando pelos setores, o presidente da Juceal, Carlos Araújo apresentou o fluxo do processo dentro da Junta Comercial, detalhando o funcionamento do atendimento, da digitalização e da assessoria técnica, setor onde os processos são analisados em um prazo de 48h e disponibilizados aos clientes pelo Portal Facilita Alagoas.

Durante a visita, o presidente evidenciou o arquivo da Juceal, onde constam todos os processos arquivados no órgão e que estão totalmente digitalizados, podendo ser acessados pela sociedade por meio de certidões.

Para o representante gaúcho, a plena digitalização do arquivo e a sua organização devem ser elogiadas, garantindo o acesso mais fácil às informações empresariais. Na oportunidade, Flores ressaltou que a JucisRS conta com 24 milhões de processos, dos quais 14 mil caixas com documentação faltam ser digitalizadas.

Destacando a troca de informações com mais uma Junta Comercial, o presidente Carlos Araújo definiu o órgão alagoano como “compacto, mas que avançou muito com o sistema do Facilita Alagoas”.

O encontrou serviu para que o gestor alagoano ressaltasse a necessidade de uma integração a nível nacional do registro de negócios, na qual as Juntas Comerciais devem ampliar, cada vez mais, a função de administradoras da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) em seus estados.

Para o vice-presidente da JucisRS, o intuito principal da visita foi colher informações de uma Junta Comercial considerada modelo para que elas possam ser aplicadas à realidade do órgão gaúcho.

“Vim realmente para conhecer o funcionamento e observar melhorias. Estamos com o projeto de dar uma nova cara à Junta Comercial do Rio Grande do Sul, que tem 140 anos, e melhorar não só a estrutura digital, mas também a física. Um das coisas que me chamou a atenção aqui foi a organização da T.I, porque lá estamos ligados apenas à central do estado. E, depois do que observei, posso dizer, tudo isso acontece devido à liderança da presidência, que também tem uma penetração muito grande entre as Juntas de todo o país”, frisou.

Somente neste ano, representantes de Goiás, Rio Grande do Norte, Piauí e Paraíba também visitaram a sede do órgão alagoano de registro.

Imagens:

1006 1 1006 2

Últimas Notícias